Dicas

VÍDEO: Dicas para evitar desconfortos do quadril e joelho em viagens

As férias estão chegando!

O Dr. Thiago Fuchs separou algumas dicas para que você torne sua viagem, seja de carro, ônibus ou de avião, mais confortável e segura para sua saúde.

Confira:

4 dicas para evitar lesões em corridas

A corrida é um excelente exercício físico e traz diversos benefícios para a saúde, pórem, é necessário alguns cuidados para prevenir o surgimento de lesões nas articulações. Confira algumas dicas:

  1. Quem não está habituado e condicionado a correr deve começar de forma gradual, com caminhadas intercaladas com corridas, além de buscar o fortalecimento da musculatura dos membros inferiores para garantir uma proteção para as articulações.
  2. Além do fortalecimento muscular, o aquecimento também é importante. Faça aquecimento de pelo menos 10 minutos antes de começar a correr.
  3. O calçado certo para corrida também é importante. Identifique o seu tipo de pisada e verifique se o calçado é para pés pronados, supinados ou neutros.
  4. Fique atento ao solo e ao local em que você irá correr. A grama absorve melhor impactos, mas pode ser irregular e causar alguma entorse. A areia, por ser mais fofa, exige mais força e resistência muscular. O asfalto, apesar de não absorver tanto impacto, é regular e linear e proporciona mais facilidade para correr.

O Instituto Fuchs está na Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959) e na Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 41 3340-5500).

Você é atleta de fim de semana? Atenção!

Esse texto é para você que é “atleta de fim de semana”. Muitas pessoas que sofrem lesões durante a prática esportiva são tratadas por esse nome. Esse público geralmente é formado por profissionais liberais e trabalhadores de escritório, que não fazem as atividades físicas preparatórias e regulares, mas nos finais de semana, querem praticar atividades físicas.

PARA PREVENIR LESÕES é importante um condicionamento físico adequado. Quem está sedentário e quer começar a realizar atividades físicas deve fazer uma avaliação completa, o que inclui consulta com médico cardiologista, avaliação nutricional e acompanhamento com um profissional da área esportiva, como os educadores físicos, fisiologistas do esporte e personal trainers.

Se existe alguma queixa de dor articular ou muscular prévia ou durante os treinos, uma avaliação ortopédica é muito importante. Desta forma, podemos diminuir os riscos para a saúde cardiovascular e musculoesquelética, e estabelecer um programa individual de treinamento, levando em conta a idade, nível de condicionamento e objetivos pessoais.

O Instituto Fuchs é especialista no atendimento de pacientes que sofrem com problemas no quadril e no joelho. Entre em contato conosco e agende uma consulta! Estamos na Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959) e na Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 3340-5500).

Orientações sobre a cicatriz pós-cirúrgica e o sol

Para realização de cirurgias no joelho e no quadril é necessária a realização de incisões (cortes) na pele. A cicatriz depende do tipo de cirurgia realizada. Nas cirurgias por vídeo (artroscopia), as cicatrizes têm aproximadamente 1 cm cada. Nas artroplastias (próteses) a cicatriz varia entre 12 e 20 cm, dependendo do caso e tamanho do paciente.

A cicatriz pós-operatória depende de vários fatores: tipo e local da incisão, tipo de sutura (ponto) realizada, características do paciente e cuidados após a cirurgia. Toda cicatriz passa por diversas fases: cicatrização, formação de fibrose e remodelamento. Inicialmente a cicatriz é vermelha, depois fica escura até aproximadamente 6 meses, e então começa a clarear, geralmente até 1 ano após a cirurgia.

No verão, as pessoas costumam usar roupas mais curtas e ir à praia, o que pode expor as cicatrizes cirúrgicas ao sol. É muito importante proteger as cicatrizes, principalmente nos primeiros 6 meses, para evitar o aumento de pigmentação.

Sempre indicamos o uso de protetor solar com fator acima de 50 diariamente por 6 meses, mesmo nos dias sem sol. Nas fases iniciais após a cirurgia (1 mês), também indicamos o uso de proteção com micropore.

Quer saber mais sobre cirurgia do joelho e quadril? Acesse o nosso site: www.institutofuchs.com.br

Você também pode acompanhar as atualizações no Instagram: @instituto_fuchs

Ortopedistas alertam sobre lesões no joelho causadas por amplitude exagerada na musculação

O público de academias que busca saúde, bem-estar e ganho de massa muscular por meio da musculação tem crescido nos últimos anos. Sem orientação especializada, os riscos do desenvolvimento de lesões é grande, principalmente na articulação do joelho.

Segundo o médico ortopedista especialista em joelho, Rogério Fuchs, a prática incorreta de exercícios de musculação como agachamentos, extensor, leg press, entre outros, pode sobrecarregar a articulação dos joelhos precocemente.

“A primeira coisa para evitar uma lesão é fazer exercício da maneira correta. Isso envolve alimentação adequada, tempo de repouso, orientação com relação a técnica do exercício e respeitar os limites do corpo”, frisa Rogério.

Habitualmente, o joelho suporta carga de duas a três vezes o peso do próprio corpo. Quando a amplitude do movimento passa dos 90°, a carga é multiplicada por cinco a sete vezes.

“A gente sabe que atividade com extrema carga com o joelho dobrado mais que 90° machuca o joelho. Imagine um agachamento com carga de 100 quilos, quando você passa dos 90° são 500 a 700 quilos a cada movimento”, explica o médico ortopedista especialista em joelho e quadril, Thiago Fuchs.

Instituto Fuchs “Live”

O Instituto Fuchs atua no tratamento do joelho e do quadril e promove mensalmente discussões sobre temas relacionados ao assunto, por meio de transmissão ao vivo pelo Facebook. Durante a “live”, os ortopedistas respondem dúvidas e questionamentos do público com o objetivo de compartilhar conhecimento científico de qualidade com a população.

O que é a fratura por estresse?

Os ossos de pessoas sadias se tornam mais densos e fortes quando submetidos à carga constantemente. Por este motivo, pessoas que fazem exercícios com regularidade, têm menos probabilidade de fraturas.

Já a fratura de estresse está relacionada ao excesso de treinamento (acima da tolerância de cada um), geralmente associada a um desequilíbrio metabólico e muscular. Tanto os atletas de fim de semana quanto os atletas profissionais podem apresentar fraturas por estresse.

Sofre com o problema e quer saber mais? Agende uma consulta com os médicos ortopedistas do Instituto Fuchs! Entre em contato pelo telefone (41) 3026-6959

Leia também:

Estalos no quadril

Você percebe estalos no quadril? Existem muitas causas para o surgimento deste sintoma. Mas entre os principais fatores, pode-se incluir:

Alterações posturais;
Encurtamentos do tensor da fáscia-lata (banda iliotibial);
Lesões na cartilagem; lesão do labrum; ressalto do psoas.
A maioria das pessoas não procura um médico quando sentem estalos no quadril. Elas só vão se preocupar se houver sintomas como a dor. O ideal é consultar o médico ao notar um estalido associado a algum outro sintoma como dor, desencaixe ou bloqueio do quadril.

É importante fazer um diagnóstico adequado para identificar onde está ocorrendo o estalo e suas causas. Exames como radiografia e ressonância magnética podem ser solicitados na investigação. Geralmente, o tratamento é conservador, sendo a fisioterapia fundamental para o tratamento.

Percebeu o problema?
Marque uma consulta com os médicos ortopedistas do Instituto Fuchs! Nosso telefone é o (41) 3026-6959.

Tendinite no joelho na gestação

As gestantes podem desenvolver tendinite nos joelhos, em decorrência, sobretudo, do aumento do peso corporal, que causa sobrecarga em várias regiões do corpo, incluindo os joelhos.

Mas o problema não se restringe à gestação, no pós-parto a mulher também pode sofrer com os riscos do problema. Carregar o bebê de um lado para o outro e descuidar da postura, inclusive durante a amamentação, pode colaborar com os prejuízos aos tendões.

Por isso, a dica para a mamãe é seguir uma rotina de exercícios físicos específicos para o fortalecimento e alongamento muscular.

Sente dor no joelho? Ligue para o Instituto Fuchs no telefone (41) 3026-6959 e agende a sua consulta.

Vai correr? Confira 4 dicas para proteger o seu joelho

Vai correr? Confira 4 dicas para proteger o seu joelho

1 – Fortaleça a musculatura do joelho e do quadril através de exercícios localizados;
2 – Tenha bons períodos de descanso entre os treinos;
3 – Tenha cautela ao aumentar o volume de treino;
4 – Mantenha o equilíbrio entre adequadas horas de sono e boa alimentação.

Cuide da saúde dos seus joelhos!

Se precisar marque uma consulta com os médicos ortopedistas do Instituto Fuchs! Entre em contato conosco pelo telefone (41) 3026-6959.

Pacientes tiram dúvidas com ortopedistas em transmissão online

Os médicos ortopedistas especialistas em joelho e quadril do Instituto Fuchs, Rogério Fuchs e Thiago Fuchs, promoveram um novo bate-papo com internautas, pelo Facebook, para discutir assuntos relacionados ao tratamento e causas de dores na articulação do joelho na noite desta terça-feira (24).

Durante uma hora, os especialistas responderam diversas perguntas do público. Entre os principais tópicos estão as lesões causadas pela prática da atividades físicas, cirurgias e próteses no joelho.

Como atleta de musculação pode evitar lesão no joelho?

Segundo Thiago, a prática incorreta de exercícios de musculação como agachamentos, afundos, leg press, entre outros, podem sobrecarregar a articulação dos joelhos precocemente.

“A primeira coisa para evitar uma lesão é fazer exercício da maneira correta. Isso envolve alimentação adequada, tempo de repouso, orientação com relação a técnica do exercício, respeitar os limites do corpo”, frisa Thiago.

Habitualmente, o joelho suporta carga de duas vezes o peso do próprio corpo. Quando a amplitude do movimento passa dos 90º, a carga é multiplicada de cinco a sete vezes.

“A gente sabe que atividade com extrema carga com o joelho dobrado mais do que 90º machuca o joelho. Imagine um agachamento com carga de 100 quilos, quando você passa dos 90º são 500 a 700 quilos a cada movimento”, explica o especialista.

Próteses no joelho é recomendada para pacientes acima de 80 anos?

Segundo os especialistas, a idade não é fator que possa impedir a prótese no joelho. Os pacientes precisam ser avaliados por outros fatores que envolvem o estado clínico. Quando o paciente não possui outras comorbidades, como diabetes, colesterol elevado, histórico de infarto, a artroplastia pode ser indicada e vai promover melhoras na qualidade de vida do idoso.

“Se existir artrose no joelho, deformidades, sofrimento e suas condições clínicas permitirem, a cirurgia pode ser feita sem problema nenhum. Temos paciente que colocou a prótese aos 92 anos de idade e com 96 está feliz da vida”, explica Rogério. “Se for para ter 80, 90, 100 anos, a pessoa precisa de qualidade de vida. Tem que poder caminhar e fazer as coisas do dia a dia”, complementa Thiago.

Instituto Fuchs Live

O Instituto Fuchs é especialista em cirurgia de joelho e do quadril e promove mensalmente discussões sobre temas relacionados ao assunto por meio de transmissão ao vivo pelo Facebook. Durante a live, os ortopedistas respondem dúvidas e questionamentos do público com o objetivo de compartilhar conhecimento científico de qualidade com a população.

Você pode assistir a transmissão aqui:

Endereço

Av. Sete de Setembro nº 6.496 Seminário - Curitiba/ Paraná
(41) 3026-6959
contatos@institutofuchs.com.br

Siga-nos em nossas Redes

Horários de Atendimento

De Segunda à Quinta-feira dás 9:00h - 19:00h
Sexta dás 8:00h ás 17:00h