Dicas

Conheça alguns fatores que levam ao desgaste do quadril e joelho

O que você precisa saber sobre a ARTROSCOPIA DO JOELHO em 5 passos

1- Consulta: A primeira etapa é a consulta com um médico cirurgião especialista em joelho. Nessa etapa será realizada a avaliação clínica e dos exames complementares para fazer o diagnóstico do problema (lesão do menisco, da cartilagem, etc). Após o diagnóstico, o tratamento mais indicado para cada caso é proposto ao paciente, e em muitos casos pode ser uma artroscopia do joelho.

2- Pré-operatório:
A rotina pré-operatória inclui: exames de sangue, eletrocardiograma e consulta pré-anestésica. Uma reunião pré-operatória na semana anterior ao procedimento também é realizada para orientações gerais sobre a cirurgia, medicações necessárias e detalhes sobre horários e internação hospitalar.
Neste dia também é feita uma avaliação com um fisioterapeuta para orientações sobre a fase inicial da fisioterapia e cuidados necessários nos primeiros dias após a cirurgia.

3- Internação Hospitalar:
O tempo de internação hospitalar é de geralmente 6 a 8 horas, e o paciente recebe alta no mesmo dia do procedimento. O tempo cirúrgico de uma artroscopia do joelho é de aproximadamente 20 a 30 minutos. A anestesia mais comum é geral (sedação profunda) associada à anestesia local com infiltração de medicações dentro do joelho; mas isto é decidido junto com o anestesista na avaliação pré-anestésica.

4- Pós-Operatório:
Após a alta hospitalar, o paciente deve usar medicações (analgésicos simples e anti-inflamatórios) por 5 a 7 dias e compressas com gelo. O curativo é realizado diariamente em casa. Na maioria dos casos, não é necessário o uso de muletas após a artroscopia do joelho.

5- Reabilitação pós-operatória:
A fisioterapia é iniciada já na primeira semana, geralmente no dia seguinte à cirurgia, e deve ser realizada por 6 a 12 semanas.
Dirigir e as atividades de trabalho sem grande demanda física podem recomeçar 2 dias após o procedimento.
Atividades esportivas e trabalho com maior demanda física geralmente recomeçam entre 45-60 dias após a artroscopia do joelho.

Para agendar sua consulta, entre em contato:

 Instituto Fuchs (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959)
 Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 3340-5500).

VÍDEO: Quando a artroscopia do quadril é indicada?

A artroscopia é uma via de acesso para o tratamento de diversas patologias em articulações de forma minimamente invasiva. Com a artroscopia, o cirurgião acessa a articulação por pequenas incisões na pele. Entre as vantagens, a artroscopia permite uma recuperação mais rápida, com menor risco de sangramentos e infecções.

No vídeo desta semana, o Dr. Thiago Fuchs explica quais são as indicações para artroscopia do quadril. Confira:

Quais os sintomas da bursite do quadril?

A bursite do quadril é caracterizada pela inflamação da bursa, uma pequena bolsa de líquido que diminui a pressão e o atrito entre músculos, tendões e o osso. Os principais sintomas da bursite são a dor na região lateral do quadril, principalmente pela noite e para se levantar, que podem irradiar para nádega e também joelho.

O tratamento para a bursite é conservador, com uso de medicações, infiltração local, fisioterapia, alongamento e fortalecimento muscular.

Geralmente, a bursite do quadril é acompanhada de tendinopatias peritrocantéricas, alterações que causam a inflamação do tendão do músculo glúteo médio e mínimo decorrente do atrito na região lateral do quadril entre o trato iliotibial e o trocânter maior.

Quando o tratamento conservador falha, uma cirurgia para a retirada da bursa, liberação do trato iliotibial e tratamento da lesão do tendão do glúteo médio pode ser recomendada.

O Instituto Fuchs é referência no tratamento de problemas do quadril em Curitiba! Agende sua consulta conosco

 Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959)
 Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 3340-5500).

O seu quadril estala?

O estalo na articulação do quadril pode ser causada por alterações posturais, encurtamento do tensor da fáscia-lata, lesões na cartilagem, lesão labral e ressalto do músculo do psoas.

Quando o estalo é acompanhado de dor, sensação de desencaixe ou bloqueio do quadril, o caso inspira cuidados e um médico ortopedista deve ser consultado. Exames como radiografia e ressonância magnética podem ser solicitados na investigação.

Geralmente, o tratamento é conservador, sendo a fisioterapia fundamental para o tratamento.

O seu quadril estala? Procure o Instituto Fuchs!

 Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959)
 Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 3340-5500).

Amplitude inadequada em exercícios pode trazer lesões no joelho e quadril

Exercícios que trabalham com amplitude de movimento, como o leg press, agachamento e o afundo, são comuns nas academias e fazem parte da busca pela saúde, bem-estar e ganho de massa muscular.

Porém, quando executados de forma inadequada e com excesso de carga, esses exercícios podem se tornar vilões para as articulações do quadril e do joelho.

No joelho, por exemplo, quando a amplitude é maior do que 90º, a carga suportada pela articulação é multiplicada de cinco a sete vezes.

A primeira coisa para evitar uma lesão é fazer exercício da maneira correta. Isso envolve alimentação adequada, tempo de repouso, orientação com relação a técnica do exercício e respeitar os limites do próprio corpo. Procure um profissional da Educação Física!

Quer saber mais sobre a saúde de seu quadril e joelho? Acesse o nosso site: www.institutofuchs.com.br

Osteonecrose do joelho e tratamentos

A osteonecrose do joelho é caracterizada pela interrupção do suprimento de sangue e leva a morte daquela região do osso, o que causa dor intensa e pode também provocar uma artrose na articulação.

A queixa principal é de dor que surge de modo agudo, seguindo com inchaço do joelho, dificuldade para apoiar o membro acometido e andar até em menores distâncias. O diagnóstico é confirmado com o auxílio de radiografias e ressonância magnética.

O tratamento inicial é orientado por ortopedista e inclui a retirada da carga sobre o membro acometido, medicações e reabilitação com fisioterapia. Quando não há resultado no tratamento conservador e o quadro evolui para alterações degenerativas que podem afetar toda a articulação, uma cirurgia de artroplastia do joelho ou osteotomia pode ser recomendada.

O Instituto Fuchs é referência no atendimento e cirurgias de joelho. Agende já a sua consulta 👇

 Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959)
 Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 3340-5500).

VÍDEO: Dr. Thiago Fuchs separou dicas para saúde da mulher

Hoje é Dia Internacional da Mulher e o médico ortopedista especialista em joelho e quadril do Instituto Fuchs, Dr. Thiago Fuchs, separou dicas especialmente para a saúde das mulheres. Confira:

Atividades físicas e a artroplastia de quadril

Cada vez mais, os pacientes que são submetidos a artroplastia são praticantes de atividades físicas, muitos de alto rendimento.

A decisão sobre as modalidades que devem ser praticadas após a prótese depende da avaliação de cada paciente e leva em consideração o menor risco de complicações possíveis.

Exercícios de baixo impacto, como musculação, ciclismo, elíptico, natação e caminhadas são quase sempre liberadas. Atividades físicas moderadas como golf, tênis, corrida leves (baixa velocidade e curtas distâncias) e spinning podem ser praticadas em pacientes com boa qualidade óssea e muscular, que tem implantes de alta durabilidade e baixo risco de desgaste. Já as atividades físicas de alta performance ou de contato físico, como maratonas, futebol e basquete devem ser amplamente discutidas com o médico responsável, porque tem maior risco de complicações, principalmente o desgaste precoce e a luxação da prótese

A cirurgia de prótese total do quadril é um dos procedimentos que garantem satisfação acima de 95% e opção no tratamento de diagnósticos de artrose, fraturas do quadril, osteonecrose e displasia.

Quer saber mais? Entre em contato conosco e agende uma consulta! 👇

 Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959)
 Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 3340-5500).

VÍDEO: Joelho, quadril e a preparação para o Carnaval

O carnaval está chegando e a preparação física e muscular é fundamental para quem quer ir para a folia e aguentar firme sobre o salto até o fim da avenida.

Os sapatos com salto alto alteram a biomecânica dos membros inferiores e podem sobrecarregar as articulações do joelho e do quadril e por isso o fortalecimento muscular prévio é importante. Ainda assim, permanecer sobre o salto, com movimentos repetitivos como as coreografias, pode causar dores principalmente na região anterior dos joelhos.

Para os foliões a dica é usar sapatos mais baixos e adequados. Se o salto alto for indispensável, a atenção deve ser redobrada com pisos irregulares e escorregadios para evitar torções no tornozelo e quedas e lesões inesperadas.

Confira nas dicas do Dr. Thiago Fuchs!

Acompanhe a página também no Instagram: @instituto_fuchs

Endereço

Av. Sete de Setembro nº 6.496 Seminário - Curitiba/ Paraná
(41) 3026-6959
contatos@institutofuchs.com.br

Siga-nos em nossas Redes

Horários de Atendimento

De Segunda à Quinta-feira dás 9:00h - 19:00h
Sexta dás 8:00h ás 17:00h