uncategorized

Artroscopia do quadril para lesão do labrum em adolescentes apresenta ótimos resultados

 

A lesão do labrum acetabular em adolescentes geralmente está relacionada às alterações ósseas do impacto femoroacetabular, displasia do quadril e hipermobilidade articular.
Quando sintomática, a lesão do labrum pode precisar de uma artroscopia do quadril para tratamento definitivo.
Diversos estudos na literatura mundial demonstram excelentes resultados da artroscopia do quadril para tratamento da lesão do labrum e do impacto femoroacetabular, com alta taxa de satisfação e excelentes scores funcionais.
Saiba mais sobre lesão do labrum e artroscopia do quadril em nosso site www.institutofuchs.com.br .

Tendinite é sinal de alerta para doença no joelho

Vocês sabiam que a tendinite é o resultado de uma inflamação nos tendões, que pode ocorrer em diversas regiões do corpo em decorrência de alguma atividade cotidiana ou mesmo da prática esportiva?

Ao redor do joelho existem vários tendões (quadricipital, patelar, flexores) que podem sofrer inflamação (tendinite). Normalmente causada por esforço repetitivo, sobrecargas e falta de preparo da musculatura dos membros inferiores.

A tendinite patelar (dor no bordo inferior da patela), conhecida como “joelho do saltador”, é a mais frequente e muito comum nos esportes com saltos repetitivos, como basquete, vôlei, futebol e atletismo. O tratamento preferencial é o conservador, com objetivo de readequar os exercícios específicos de cada modalidade, diminuir a sobrecarga, reabilitar a musculatura, e quando necessárias são utilizadas medicações anti-inflamatórias via oral e corticoides intramusculares. A cirurgia só é realizada em casos especiais, quando não há melhora com o tratamento clínico bem realizado.

Saiba mais em nosso site: www.institutofuchs.com.br

Joelho degenerativo

joelho degenerativo

A melhora da qualidade de vida, os avanços da medicina e a prática de atividades esportivas fazem que a expectativa de vida média da população aumente progressivamente. Hoje geralmente vivemos mais de 80 anos.

Quanto mais atividade física fizermos e mais tempo vivermos, maiores serão os riscos de desenvolver problemas nas articulações dos membros inferiores, onde o joelho é a mais afetada. O joelho após muitos anos de vida, pode apresentar alterações degenerativas da cartilagem, que causam dor, inchaço, perda de movimento, dificuldade nas atividades diárias e em atividades esportivas.

As alterações degenerativas são decorrentes de desgaste da cartilagem, sequelas de traumas, doenças inflamatórias, osteonecrose , instabilidade ligamentar e cirurgias prévias (meniscectomia).

CONFIRA ALGUMAS DICAS PARA EVITAR LESÕES NO JOELHO E QUADRIL DURANTE O CARNAVAL

passista-samba-com-o-enredo-da-mocidade

 

No Brasil, o carnaval é uma época de muita festa, samba e curtição. Geralmente as pessoas ficam horas dançando e pulando carnaval, muitas vezes na praia, nas calçadas e atrás de trios elétricos. Já para as pessoas que promovem e fazem este grande evento, é época de muito trabalho, dedicação e oportunidade financeira. Há também, aquelas pessoas que aproveitam este feriado prolongado para descansar e relaxar em casa ou em algum lugar tranquilo.

CONFIRA ALGUMAS DICAS PARA EVITAR LESÕES NO JOELHO E QUADRIL DURANTE O CARNAVAL

PARA OS FOLIÕES

– Use sempre um calçado adequado. Chinelo não protege os pés das irregularidades do solo e não tem o amortecimento necessário.

– Cuidado com o salto alto. É importante cuidar para não torcer o joelho e o tornozelo. Permanecer longos períodos em pé , caminhando e dançando de salto alto, exige bastante da musculatura e da articulação do joelho e do quadril.

– A areia fofa é muito irregular , pode causar quedas e torções, além de exigir muito do joelho e do quadril.

PARA OS SAMBISTAS:

– o Samba é uma dança típica do carnaval. São necessários muitos movimentos repetitivos de flexão e rotação do quadril e joelho durante os passos e coreografias. É muito importante realizar uma preparação muscular prévia para suportar a exigência da dança e não ter problemas no dia seguinte.

– Procure sambar sempre em piso regular e não escorregadio, para evitar quedas e torções.

– O salto alto é muito utilizado para sambar, principalmente

pelas RAINHAS DE BATERIA E PASSISTAS das escolas de samba.
Porém, lembre que elas são profissionais, ensaiam muito durante o ano todo para estas apresentações. Se você não está acostumada, é melhor usar um calçado mais baixo e seguro, com uma tênis.

PARA QUEM VAI DESFILAR NAS ESCOLAS DE SAMBA:

– usar sempre um calcado adequado para amortecer o impacto, proteger o pé, evitar torções e não se machucar nas irregularidades das ruas e calcadas.

– Prepare sua musculatura, principalmente coluna, abdômen, quadril e joelho. Geralmente o percurso é longo e muitas vezes as fantasias são pesadas.

PARA QUEM VAI TRABALHAR NO CARNAVAL:

Muita gente está trabalhando duro neste período e com jornada de trabalho mais longa. Os responsáveis por fornecer comida e bebida para os foliões, o pessoal que cuida da segurança da festa, os jornalistas e equipe de imprensa que registram e noticiam pelo mundo todo essa evento, todas as pessoas que trabalham para promover o bem estar dos turistas por todo brasil. Estas pessoas também devem se cuidar, porque com essa carga intensa de trabalho em poucos dias, o corpo pode reclamar.

– Preparação física durante o ano é fundamental para suportar a longa e intensa jornada de trabalho.

– É importante descansar! Para um bom trabalho, precisamos de horas de sono e alimentação adequada.

– Cuidado com o sol, calor e desidratação.

– Roupas leves e calcados confortáveis são fundamentais.

Com alguns simples cuidados é possível evitar lesões durante esses dias de festa. Saiba controlar e respeitar seus limites. Aproveite, curta e se divirta, mas sempre cuide do seu corpo. Afinal após o Carnaval, temos o ano todo pela frente para trabalhar, praticar esportes e manter a saúde em dia.

Endereço

Av. Sete de Setembro nº 6.496 Seminário - Curitiba/ Paraná
(41) 3026-6959
contatos@institutofuchs.com.br

Siga-nos em nossas Redes

Horários de Atendimento

De Segunda à Quinta-feira dás 9:00h - 19:00h
Sexta dás 8:00h ás 17:00h