Pedalar pode trazer problemas para os joelhos

A bicicleta é a opção de muitos para a prática esportiva ou para enfrentar o trânsito, cada dia mais caótico. Mas é preciso alguns cuidados para garantir que a saúde do corpo seja mantida.
Para evitar as dores e as lesões, o ciclista deve manter a postura correta durante a atividade e fazer o posicionamento correto dos módulos da bicicleta.
Quem anda de bicicleta de forma inadequada corre mais risco de sofrer tendinites no joelho e problema na articulação femoropatelar. Isso ocorre devido ao ajuste inadequado da bicicleta e treinamento excessivo ou inadequado. A tendinite é uma inflamação que acomete os tendões, que são estruturas localizadas entre os músculos e os ossos. Entre os principais tendões acometidos na região do joelho estão o tendão patelar, tendão do músculo poplíteo e da pata de ganso. É possível desconfiar da tendinite no joelho quando sentir dor e uma hipersensibilidade no tendão. Esses sintomas podem piorar conforme o indivíduo se movimente. A dor também pode aparecer atrás dos joelhos ou no lado de dentro.
Na presença dos sintomas, é importante consultar um médico para fazer exames. O especialista pode pedir para o paciente correr, saltar ou agachar para analisar a intensidade da dor. Exames como ultrassonografia, ressonância magnética, entre outros podem auxiliar.
O tratamento pode ser conservador por meio de medicamentos para diminuir a inflamação ou em alguns casos a fisioterapia pode ser indicada para restaurar a função do músculo e a biomecânica do membro inferior. O laser e a terapia combinada podem ser excelentes coadjuvantes no tratamento associado aos exercícios.