grupo meu quadril

Especialistas em quadril promovem curso em Curitiba

Médicos ortopedistas e fisioterapeutas de diversas regiões do Brasil participaram, nos dias 03 e 04 de agosto, em Curitiba, do Encontro MeuQuadril de Medicina Preservadora e Reparadora do Quadril – Artroscopia Do Quadril.

O curso foi realizado pelo grupo MeuQuadril – formado pelos especialistas em quadril :Thiago Fuchs (Curitiba), David Gusmão (Porto Alegre), Inácio Ventura (Brasília), João Lopo (Belo Horizonte) e Bruno Rabello (Rio de Janeiro).

Nos dois dias de curso foram realizadas aulas sobre medicina preservadora e artroscopia do quadril, discussão interativa de casos e cirurgias ao vivo.

“A ideia é promover cursos como este em diferentes regiões do Brasil, sob a coordenação dos médicos que integram o grupo MeuQuadril”, contou o cirurgião, Thiago Fuchs.

Na primeira parte do curso, Thiago falou sobre os exames clínicos e físicos que devem ser realizados para um diagnóstico preciso do paciente com dor no quadril.

“Precisamos saber qual a causa real dos sintomas”, orientou Thiago aos participantes do curso. “Alguns pacientes reclamam de perda de mobilidade, dor e falta de rotação. Doenças prévias e histórias de dor que envolvem o quadril ajudam no diagnóstico e contribuem com o tratamento”, ressaltou Thiago.

De acordo com o cirurgião David Gusmão, de Porto Alegre, o curso reúne profissionais que dividem uma mesma opinião sobre a forma de tratamento do quadril, especialmente no que se refere a preservação da articulação para o tratamento do quadril.

“As patologias do quadril no Brasil e no mundo têm registrado um crescimento muito grande nas cirurgias de substituição ( prótese de quadril). Isso significa que as pessoas estão tendo mais artrose e consequentemente precisando fazer a troca do seu quadril natural. Quando  não é mais possível a preservação, havendo necessidade de substituição, o ideal é fazer com que seja necessária apenas uma cirurgia e que dure toda a vida do paciente”.

Como exemplo Gusmão citou dados da Inglaterra, aonde foram feitas 46 mil cirurgias de próteses de quadril em 2006 e 80 mil em 2016.

O cirurgião de Minas Gerais, João Lopo, enfatizou que no curso foram debatidas e apresentadas as melhores técnicas  – cirúrgicas e não cirúrgicas – para o tratamento do quadril.

“Inclusive abordamos o uso de ultrassonografia no tratamento do quadril, debatemos as melhores técnicas para garantir a qualidade de vida aos nossos pacientes”, declarou João.

Inacio Ventura, cirurgião de Brasília falou sobre o conceito e a fisiopatogenia do impacto femoroacetabular. “Minha aula descreveu um pouco do histórico e de como chegamos a compreensão dessa patologia tão complexa que é a Síndrome do Impacto Femoroacetabular, na qual o tratamento que mais utilizamos é a artroscopia do quadril”, afirmou.

Ele lembrou, que a  troca de informações busca levar o melhor para o paciente, inclusive a compreensão do problema. “O paciente tem que entender o quadro e nos ajudar nas decisões, participar do tratamento junto com o médico”, disse.

Já o cirurgião Bruno Rabello, do Rio de Janeiro, destacou o fato de que o grupo traz para o curso discussões novas e que geralmente não são debatidas amplamente nos congressos. “É um embrião para um segmento muito interessante da preservação articular. Nós não falamos apenas de técnicas cirúrgicas, mas entramos em um ângulo que está muito inicial aqui no Brasil, que são os tratamentos biológicos de recuperação da cartilagem, a opção conservadora da artrose e de terapias biológicas associadas às técnicas cirúrgicas que temos hoje”. “Minhas palestras aqui são sobre o que há de novo. O tratamento tradicional tem um limite e o tratamento biológico traz novas possibilidades”, mencionou Bruno.

FISIOTERAPIA x ORTOPEDIA – Além dos idealizadores do Grupo MeuQuadril, ministraram aulas no curso o cirurgião do quadril, Christiano Saliba (Curitiba), o radiologista Fábio Almeida (Curitiba) e a professora e fisioterapeuta, Rúbia Benatti (Curitiba).

Rúbia falou sobre a fisioterapia na reabilitação de pacientes que passaram por tratamentos cirúrgicos do quadril . “A nossa participação aqui mostra a integração entre a fisioterapia e o cirurgião, e também nosso papel na avaliação pré e pós-operatória. Além disso, abordamos o protocolo de recuperação fisioterapêutica nesses pós-operatórios, que é tão importante quanto o procedimento cirúrgico para a recuperação do paciente”, afirmou.

No segundo dia de curso foram realizadas cirurgias de Artroscopia do Quadril ao vivo, transmitidas aos participantes do curso no Hospital Marcelino Champagnat.

Este módulo do curso foi uma realização do Instituto Fuchs e do grupo MeuQuadril, com apoio da Tecnomedical e Smith&Nephew.

Curso reúne especialistas em medicina preservadora e reparadora do quadril

O Grupo Meu Quadril promove, nos dias 03 e 04 de agosto, em Curitiba, o Encontro de Medicina Preservadora e Reparadora do Quadril – Artroscopia do Quadril.

Nos dois dias de curso – com vagas limitadas – serão realizadas aulas sobre Medicina Preservadora e Artroscopia do Quadril, Discussão Interativa de Casos e Cirurgias ao vivo.

Entre os palestrantes estão: Thiago Fuchs (Curitiba), David Gusmão (Porto Alegre), Inácio Ventura (Brasília), Bruno Rabello (Rio de Janeiro), João Lopo (Belo Horizonte), Cristiano Saliba (Curitiba) e Rúbia Benatti (Curitiba).

O curso é uma realização do Instituto Fuchs e Grupo Meu Quadril, com apoio da Tecno Medical e Smith&Nephew.

Inscrições: contato@institutofuchs.com.br

Endereço

Av. Sete de Setembro nº 6.496 Seminário - Curitiba/ Paraná
(41) 3026-6959
contatos@institutofuchs.com.br

Siga-nos em nossas Redes

Horários de Atendimento

De Segunda à Quinta-feira dás 9:00h - 19:00h
Sexta dás 8:00h ás 17:00h