joelho

VÍDEO: Dicas para evitar desconfortos do quadril e joelho em viagens

As férias estão chegando!

O Dr. Thiago Fuchs separou algumas dicas para que você torne sua viagem, seja de carro, ônibus ou de avião, mais confortável e segura para sua saúde.

Confira:

Você é atleta de fim de semana? Atenção!

Esse texto é para você que é “atleta de fim de semana”. Muitas pessoas que sofrem lesões durante a prática esportiva são tratadas por esse nome. Esse público geralmente é formado por profissionais liberais e trabalhadores de escritório, que não fazem as atividades físicas preparatórias e regulares, mas nos finais de semana, querem praticar atividades físicas.

PARA PREVENIR LESÕES é importante um condicionamento físico adequado. Quem está sedentário e quer começar a realizar atividades físicas deve fazer uma avaliação completa, o que inclui consulta com médico cardiologista, avaliação nutricional e acompanhamento com um profissional da área esportiva, como os educadores físicos, fisiologistas do esporte e personal trainers.

Se existe alguma queixa de dor articular ou muscular prévia ou durante os treinos, uma avaliação ortopédica é muito importante. Desta forma, podemos diminuir os riscos para a saúde cardiovascular e musculoesquelética, e estabelecer um programa individual de treinamento, levando em conta a idade, nível de condicionamento e objetivos pessoais.

O Instituto Fuchs é especialista no atendimento de pacientes que sofrem com problemas no quadril e no joelho. Entre em contato conosco e agende uma consulta! Estamos na Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959) e na Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 3340-5500).

Quem procura o Instituto Fuchs?

VÍDEO: Prótese de joelho é indicada para pacientes acima de 80 anos?

VÍDEO: Prótese de joelho é indicada para pacientes acima de 80 anos?

O Instituto Fuchs é referência em cirurgia de joelho e quadril. Quer saber mais? Entre em contato conosco e agende uma consulta! Nós estamos na Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959) e na Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 3340-5500).

LIVE: Retorno à atividade física após cirurgia do joelho com Dr. Rogério Fuchs e Dra. Rubia Benatti

LIVE: Retorno à atividade física após cirurgia do joelho com Dr. Rogério Fuchs e Dra. Rubia Benatti

Nesta semana, o Instituto Fuchs promoveu mais um bate-papo interativo com o tema “Retorno à atividade física após cirurgia do joelho”. A transmissão ao vivo contou com a participação de internautas que acompanham as atividades no Facebook e Instagram da página.

Além do Dr. Rogério Fuchs, a fisioterapeuta Dra. Rubia Benatti também participou do evento.

Confira:

 

O encontro é uma iniciativa do Instituto Fuchs que reúne mensalmente ortopedistas e convidados para levar conhecimento científico de qualidade para a população em transmissão ao vivo e interativa pelo Facebook.

Confira os temas anteriores:

Lesões no joelho aumentam as chances de osteoartrose

As causas da osteoartrose (doença articular degenerativa) não são totalmente claras, mas alguns fatores são conhecidos por aumentar o risco de ocorrência. Um deles é a lesão provocada por esportes ou algum outro trauma.

As lesões podem ocorrer em qualquer articulação, mas o joelho é particularmente vulnerável, especialmente quando envolvem lesões relacionadas ao esporte.

Lesões comuns do joelho incluem: lesões do ligamento cruzado anterior (LCA), lesões do menisco e da cartilagem.

Se você sofreu lesões no joelho no passado, existem medidas que você pode tomar para minimizar o risco de desenvolver osteoartrose:

  • Manter o peso sob controle;
  • Evitar atividades de alto impacto, mas se mantendo fisicamente ativo;
  • Fortalecer os músculos ao redor do joelho e quadris;

A cartilagem requer movimentação para nutrição adequada, e com o sedentarismo a cartilagem não está sendo nutrida adequadamente e os músculos enfraquecem; isto pode contribuir para o desenvolvimento da artrose ou piora dos sintomas.

Quer saber mais sobre cirurgia do joelho e quadril? Acesse o nosso site: www.institutofuchs.com.br

Você também pode acompanhar as atualizações no Instagram: @instituto_fuchs

Artroplastia total do joelho devolve qualidade de vida

Você sabia que a durabilidade média de uma artroplastia total do joelho é de 15 a 20 anos?

A prótese do joelho geralmente é indicada para pacientes acima de 60 anos, nos casos mais avançados de artrose do joelho, com dor e limitação nas atividades da vida diária, e que buscam qualidade de vida. Em casos especiais também podem ser realizadas em pacientes mais jovens (abaixo dos 60 anos).

A artroplastia do joelho é uma cirurgia que substitui a superfície articular por uma prótese metálica e de polietileno. A taxa de bom resultado é de aproximadamente 90% a 95% dos casos.

Existem basicamente dois tipos de artroplastia do joelho, a total e a unicompartimental. Na artroplastia total do joelho, toda a superfície articular femorotibial é trocada, e a patela somente quando necessário. Na artroplastia unicompartimental do joelho, apenas o lado afetado (interno ou externo) da articulação é substituído.

Para saber mais, marque uma consulta! O Instituto Fuchs está na Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959) e na Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 41 3340-5500).

Gostou? Continue acompanhando as nossas atualizações também no Instagram: @instituto_fuchs

Quais são as lesões de joelho mais recorrentes e como evitá-las?

 

Os corredores já sabem da importância de cuidar dos joelhos, isso evita problemas e preserva uma das partes mais exigidas pela modalidade. Mas você sabe qual a lesão mais comum nessa parte do corpo?

De acordo com um levantamento recente do Instituto do Joelho HCor, no Brasil, 61% das lesões com necessidade de cirurgia nos joelhos afetam o ligamento cruzado anterior (LCA).
O LCA é um dos quatro principais ligamentos do joelho, e é responsável por manter a estabilidade anterior e rotacional. Sua ruptura pode ocorrer a partir de movimentos rotatórios bruscos ou traumas.
Ainda segundo o levantamento, as lesões mais comuns no joelho são:
– 4º lugar: lesões complexas, que envolvem mais de um ligamento comprometido – 3% de incidência.
– 3º lugar: diversos tipos de lesões, que não são tão comuns como: do Ligamento Cruzado Posterior (LCP), Ligamento Colateral Medial (LCM) e Lateral (LCL), entre outras – 14%.
– 2º lugar: lesões de menisco – 22% dos casos.
– 1º lugar: lesões no ligamento cruzado – 61% de incidência.
Para saber mais, marque uma consulta! O Instituto Fuchs está na Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959) e na Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 41 3340-5500).

Dr. Rogério Fuchs palestra no XIII Curso Internacional Ciudad de Medellin, Cadera y Rodilla 2018

 

O médico ortopedista especialista em cirurgia do joelho Dr. Rogério Fuchs participou como palestrante no XIII Curso Internacional Ciudad de Medellin, Cadera y Rodilla 2018. O evento aconteceu entre os dias 25 e 27 de outubro.

Entre os temas, Dr. Rogério abordou sua técnica de artroplastia de joelho e o tracking patelar – o que é importante na Artroplastia de joelho.

Orientações sobre a cicatriz pós-cirúrgica e o sol

Para realização de cirurgias no joelho e no quadril é necessária a realização de incisões (cortes) na pele. A cicatriz depende do tipo de cirurgia realizada. Nas cirurgias por vídeo (artroscopia), as cicatrizes têm aproximadamente 1 cm cada. Nas artroplastias (próteses) a cicatriz varia entre 12 e 20 cm, dependendo do caso e tamanho do paciente.

A cicatriz pós-operatória depende de vários fatores: tipo e local da incisão, tipo de sutura (ponto) realizada, características do paciente e cuidados após a cirurgia. Toda cicatriz passa por diversas fases: cicatrização, formação de fibrose e remodelamento. Inicialmente a cicatriz é vermelha, depois fica escura até aproximadamente 6 meses, e então começa a clarear, geralmente até 1 ano após a cirurgia.

No verão, as pessoas costumam usar roupas mais curtas e ir à praia, o que pode expor as cicatrizes cirúrgicas ao sol. É muito importante proteger as cicatrizes, principalmente nos primeiros 6 meses, para evitar o aumento de pigmentação.

Sempre indicamos o uso de protetor solar com fator acima de 50 diariamente por 6 meses, mesmo nos dias sem sol. Nas fases iniciais após a cirurgia (1 mês), também indicamos o uso de proteção com micropore.

Quer saber mais sobre cirurgia do joelho e quadril? Acesse o nosso site: www.institutofuchs.com.br

Você também pode acompanhar as atualizações no Instagram: @instituto_fuchs

Endereço

Av. Sete de Setembro nº 6.496 Seminário - Curitiba/ Paraná
(41) 3026-6959
contatos@institutofuchs.com.br

Siga-nos em nossas Redes

Horários de Atendimento

De Segunda à Quinta-feira dás 9:00h - 19:00h
Sexta dás 8:00h ás 17:00h