Artroplastia no joelho em pacientes obesos

A artrose do joelho ocorre com mais frequência em pacientes idosos (a partir dos 60 anos), sendo causada pela degeneração da articulação, problemas metabólicos, herança genética, sequela de trauma, e também pelo excesso de peso (obesidade).

Existe muita discussão sobre a indicação de cirurgia (artroplastia/prótese) em pacientes obesos (alto Índice de Massa Corporal = IMC), em função das possíveis complicações e necessidade de cirurgia bariátrica para perda de peso antes da cirurgia do joelho.

Estudos mais recentes mostram que os pacientes com alto IMC, apesar de apresentarem índices maiores de pequenas complicações, tem resultados funcionais e qualidade de vida semelhantes àqueles com baixo IMC. Estes estudos também evidenciaram que a cirurgia bariátrica não é sempre necessária, pois não há comprovação que isso diminua os riscos ou complicações da cirurgia de prótese do joelho.

A cirurgia de prótese de joelho pode beneficiar muito os pacientes com artrose do joelho, mesmo nos casos de obesidade, melhorando a qualidade de vida e a dor, além de possibilitar a prática de algumas atividades físicas que ajudam na perda de peso e prevenção de outras complicações clínicas.

Referências:
– The influence of body mass index on functional outcome and quality of life after
total knee arthroplasty / Bone Joint J 2016;98-B:780–5.
– Bariatric surgery does not improve outcomes in patients undergoing primary total knee arthroplasty / Bone Joint J 2015;97-B:1501–5.