quadril

Vídeo: Uso da tecnologia da impressão em 3D para tratamento do quadril

Nesta semana, o Dr. Thiago Fuchs, médico ortopedista especialista em cirurgia do joelho e do quadril, apresenta os benefícios do uso de impressão 3D para o tratamento de patologias do quadril. Essa tecnologia auxilia o cirurgião a compreender as particularidades das deformidades ósseas do paciente.

👉 No exemplo, o cirurgião mostra o caso real de um paciente diagnosticado com a Síndrome do Impacto Femoroacetabular (IFA) antes e depois de uma videoartroscopia que corrigiu o contato ósseo anormal. Sem tratamento, a deformidade poderia levar a uma lesão no labrum, na cartilagem e até evoluir para uma artrose.

Confira:

Quais os sintomas da bursite do quadril?

A bursite do quadril é caracterizada pela inflamação da bursa, uma pequena bolsa de líquido que diminui a pressão e o atrito entre músculos, tendões e o osso. Os principais sintomas da bursite são a dor na região lateral do quadril, principalmente pela noite e para se levantar, que podem irradiar para nádega e também joelho.

O tratamento para a bursite é conservador, com uso de medicações, infiltração local, fisioterapia, alongamento e fortalecimento muscular.

Geralmente, a bursite do quadril é acompanhada de tendinopatias peritrocantéricas, alterações que causam a inflamação do tendão do músculo glúteo médio e mínimo decorrente do atrito na região lateral do quadril entre o trato iliotibial e o trocânter maior.

Quando o tratamento conservador falha, uma cirurgia para a retirada da bursa, liberação do trato iliotibial e tratamento da lesão do tendão do glúteo médio pode ser recomendada.

O Instituto Fuchs é referência no tratamento de problemas do quadril em Curitiba! Agende sua consulta conosco

 Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959)
 Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 3340-5500).

O seu quadril estala?

O estalo na articulação do quadril pode ser causada por alterações posturais, encurtamento do tensor da fáscia-lata, lesões na cartilagem, lesão labral e ressalto do músculo do psoas.

Quando o estalo é acompanhado de dor, sensação de desencaixe ou bloqueio do quadril, o caso inspira cuidados e um médico ortopedista deve ser consultado. Exames como radiografia e ressonância magnética podem ser solicitados na investigação.

Geralmente, o tratamento é conservador, sendo a fisioterapia fundamental para o tratamento.

O seu quadril estala? Procure o Instituto Fuchs!

 Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959)
 Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 3340-5500).

Amplitude inadequada em exercícios pode trazer lesões no joelho e quadril

Exercícios que trabalham com amplitude de movimento, como o leg press, agachamento e o afundo, são comuns nas academias e fazem parte da busca pela saúde, bem-estar e ganho de massa muscular.

Porém, quando executados de forma inadequada e com excesso de carga, esses exercícios podem se tornar vilões para as articulações do quadril e do joelho.

No joelho, por exemplo, quando a amplitude é maior do que 90º, a carga suportada pela articulação é multiplicada de cinco a sete vezes.

A primeira coisa para evitar uma lesão é fazer exercício da maneira correta. Isso envolve alimentação adequada, tempo de repouso, orientação com relação a técnica do exercício e respeitar os limites do próprio corpo. Procure um profissional da Educação Física!

Quer saber mais sobre a saúde de seu quadril e joelho? Acesse o nosso site: www.institutofuchs.com.br

VÍDEO: Dr. Thiago Fuchs separou dicas para saúde da mulher

Hoje é Dia Internacional da Mulher e o médico ortopedista especialista em joelho e quadril do Instituto Fuchs, Dr. Thiago Fuchs, separou dicas especialmente para a saúde das mulheres. Confira:

Atividades físicas e a artroplastia de quadril

Cada vez mais, os pacientes que são submetidos a artroplastia são praticantes de atividades físicas, muitos de alto rendimento.

A decisão sobre as modalidades que devem ser praticadas após a prótese depende da avaliação de cada paciente e leva em consideração o menor risco de complicações possíveis.

Exercícios de baixo impacto, como musculação, ciclismo, elíptico, natação e caminhadas são quase sempre liberadas. Atividades físicas moderadas como golf, tênis, corrida leves (baixa velocidade e curtas distâncias) e spinning podem ser praticadas em pacientes com boa qualidade óssea e muscular, que tem implantes de alta durabilidade e baixo risco de desgaste. Já as atividades físicas de alta performance ou de contato físico, como maratonas, futebol e basquete devem ser amplamente discutidas com o médico responsável, porque tem maior risco de complicações, principalmente o desgaste precoce e a luxação da prótese

A cirurgia de prótese total do quadril é um dos procedimentos que garantem satisfação acima de 95% e opção no tratamento de diagnósticos de artrose, fraturas do quadril, osteonecrose e displasia.

Quer saber mais? Entre em contato conosco e agende uma consulta! 👇

 Ortopedia Sete (Av. Sete de Setembro, 6496 – Curitiba – Telefone: 41 3026-6959)
 Artro Clínica de Ortopedia (Av. Vicente Machado, 2439 – Curitiba – Telefone: 3340-5500).

VÍDEO: Joelho, quadril e a preparação para o Carnaval

O carnaval está chegando e a preparação física e muscular é fundamental para quem quer ir para a folia e aguentar firme sobre o salto até o fim da avenida.

Os sapatos com salto alto alteram a biomecânica dos membros inferiores e podem sobrecarregar as articulações do joelho e do quadril e por isso o fortalecimento muscular prévio é importante. Ainda assim, permanecer sobre o salto, com movimentos repetitivos como as coreografias, pode causar dores principalmente na região anterior dos joelhos.

Para os foliões a dica é usar sapatos mais baixos e adequados. Se o salto alto for indispensável, a atenção deve ser redobrada com pisos irregulares e escorregadios para evitar torções no tornozelo e quedas e lesões inesperadas.

Confira nas dicas do Dr. Thiago Fuchs!

Acompanhe a página também no Instagram: @instituto_fuchs

VÍDEO: Quais são os melhores exercícios para o quadril? Quais não indicados?

Nesta semana, o Dr. Thiago Fuchs traz uma discussão sobre um tema importante: Quais os melhores e piores exercícios para o quadril?

É importante lembrar que a prevenção é a chave para evitar um desgaste da articulação e evitar problemas no futuro!

Confira:

Esporte Espetacular destaca o impacto de esporte de alto rendimento em atletas

O Esporte Espetacular, da TV Globo, destacou no último domingo (3) os impactos do esporte de alto rendimento na saúde de atletas profissionais.

A reportagem abordou o caso do tenista Andy Murray, que aguarda a recuperação da artroplastia total do quadril direito feita na semana passada, o do brasileiro Gustavo Kuerten (Guga) que se aposentou com mesmo problema e do francês recordista mundial no salto com vara Renault Lavillenie que anunciou uma parada por tempo indeterminado após sentir dores no quadril.

O diagnóstico e o tratamento precoce dos problemas no quadril, como o Impacto Femoroacetabular e a lesão do labrum, são fundamentais para melhores resultados e retorno à prática esportiva.

Confira:

 

Cirurgião explica lesão que levou tenista britânico a anunciar aposentadoria

O tenista britânico Andy Murray, um dos melhores atletas do esporte segundo a Associação de Tenistas Profissionais (ATP), com 45 títulos, entre eles duas medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos, surpreendeu o mundo na última semana ao anunciar sua aposentadoria aos 31 anos.

O anúncio foi dado durante coletiva com a imprensa, no media day do primeiro Grand Slam do ano, o Australian Open. Murray disse que as dores frequentes e intensas no quadril, que o incomodam há 20 meses, são o motivo para a aposentadoria precoce.

“Estou lutando a muito tempo. Não tenho certeza se posso suportar a dor por mais quatro ou cinco meses”, disse. “Praticamente fiz tudo o que pude para tentar melhorar meu quadril e isso não ajudou muito. Acho que há uma chance de que o Australian Open seja meu último torneio”, finalizou Murray.

Histórico – Murray possui uma lesão no quadril direito que foi acompanhada, desde 2007, com tratamento conservador, focado em fortalecimento muscular e medicações. O problema, no entanto, foi se agravando com o passar do tempo e o atleta foi submetido a uma artroscopia do quadril no último ano.

Segundo o médico ortopedista especialista em cirurgia do quadril, Dr. Thiago Fuchs, Murray sofre do mesmo problema que acometeu o ex-tenista brasileiro Gustavo Kuerten, o Guga, há alguns anos, e que também o levou para fora das quadras: o desgaste na cartilagem do quadril causado pelo impacto femoroacetabular (IFA).

“Sabe-se que ele tinha impacto femoroacetabular – uma deformidade anatômica em que ocorre um contato anormal dos ossos do quadril, principalmente nos movimentos de flexão e rotação. Esse contato anormal acaba gerando uma lesão de labrum e na cartilagem articular”, explica Fuchs.

 

Ainda segundo Thiago Fuchs, a artroscopia do quadril do tenista britânico não teve o resultado esperado devido ao desgaste avançado na cartilagem articular, comum em atletas de alto rendimento, e a demora em realizar o procedimento cirúrgico.

“O resultado positivo da cirurgia preservadora está relacionada com a condição da cartilagem articular, que possui capacidade de regeneração praticamente nulo. A cartilagem articular não tem vascularização e se não recebe sangue, ela não consegue se regenerar adequadamente”, explica. “Pacientes com lesão de labrum ou impacto femoroacetabular com cartilagem boa e preservada têm excelentes resultados com o tratamento cirúrgico”, garante o especialista, frisando que o sucesso da cirurgia está relacionado também com o diagnóstico e tratamento adequado precocemente.

Australian Open

Durante a manhã desta segunda-feira (14), o atleta fez a alegria da torcida presente na Melbourne Arena, mas acabou derrotado pelo espanhol Roberto Bautista Agut por por 6/4, 6/4, 6/7(5), 6/7(4) e 6/2 após 4h09 de partida, e encerrou sua participação no torneio.

Artroplastia de Guga

Aposentado em 2008, Guga, que já havia feito dois procedimentos no quadril, o primeiro em fevereiro de 2002 e a outro em setembro de 2004, recorreu a uma artroplastia – uma prótese – no quadril direito para solucionar a lesão e as dores que o acompanhavam desde 2001.

Em entrevista ao UOL, o maior tenista brasileiro da história, admitiu a semelhança dos casos e disse que acredita que o britânico tem melhores chances de recuperação com os procedimentos atuais e mais modernos.

Endereço

Av. Sete de Setembro nº 6.496 Seminário - Curitiba/ Paraná
(41) 3026-6959
contatos@institutofuchs.com.br

Siga-nos em nossas Redes

Horários de Atendimento

De Segunda à Quinta-feira dás 9:00h - 19:00h
Sexta dás 8:00h ás 17:00h