Rogerio fuchs

Pacientes tiram dúvidas com ortopedistas em transmissão online

Os médicos ortopedistas especialistas em joelho e quadril do Instituto Fuchs, Rogério Fuchs e Thiago Fuchs, promoveram um novo bate-papo com internautas, pelo Facebook, para discutir assuntos relacionados ao tratamento e causas de dores na articulação do joelho na noite desta terça-feira (24).

Durante uma hora, os especialistas responderam diversas perguntas do público. Entre os principais tópicos estão as lesões causadas pela prática da atividades físicas, cirurgias e próteses no joelho.

Como atleta de musculação pode evitar lesão no joelho?

Segundo Thiago, a prática incorreta de exercícios de musculação como agachamentos, afundos, leg press, entre outros, podem sobrecarregar a articulação dos joelhos precocemente.

“A primeira coisa para evitar uma lesão é fazer exercício da maneira correta. Isso envolve alimentação adequada, tempo de repouso, orientação com relação a técnica do exercício, respeitar os limites do corpo”, frisa Thiago.

Habitualmente, o joelho suporta carga de duas vezes o peso do próprio corpo. Quando a amplitude do movimento passa dos 90º, a carga é multiplicada de cinco a sete vezes.

“A gente sabe que atividade com extrema carga com o joelho dobrado mais do que 90º machuca o joelho. Imagine um agachamento com carga de 100 quilos, quando você passa dos 90º são 500 a 700 quilos a cada movimento”, explica o especialista.

Próteses no joelho é recomendada para pacientes acima de 80 anos?

Segundo os especialistas, a idade não é fator que possa impedir a prótese no joelho. Os pacientes precisam ser avaliados por outros fatores que envolvem o estado clínico. Quando o paciente não possui outras comorbidades, como diabetes, colesterol elevado, histórico de infarto, a artroplastia pode ser indicada e vai promover melhoras na qualidade de vida do idoso.

“Se existir artrose no joelho, deformidades, sofrimento e suas condições clínicas permitirem, a cirurgia pode ser feita sem problema nenhum. Temos paciente que colocou a prótese aos 92 anos de idade e com 96 está feliz da vida”, explica Rogério. “Se for para ter 80, 90, 100 anos, a pessoa precisa de qualidade de vida. Tem que poder caminhar e fazer as coisas do dia a dia”, complementa Thiago.

Instituto Fuchs Live

O Instituto Fuchs é especialista em cirurgia de joelho e do quadril e promove mensalmente discussões sobre temas relacionados ao assunto por meio de transmissão ao vivo pelo Facebook. Durante a live, os ortopedistas respondem dúvidas e questionamentos do público com o objetivo de compartilhar conhecimento científico de qualidade com a população.

Você pode assistir a transmissão aqui:

O QUE É ARTROSE?

A artrose no joelho é uma alteração degenerativa e inflamatória da articulação que provoca sinais como:
1. Dor no joelho após esforços e alívio parcial com o repouso. Em uma fase mais avançada, as dores mesmo na cama em repouso podem atrapalhar o sono;
2. Perda do alinhamento da perna progressivo: o joelho “entorta”;
3. Rigidez ao se levantar da cama de manhã ou após longos períodos de repouso. Geralmente, passa após 30 minutos ou quando começam as atividades normais do dia-a-dia;
4. Presença de estalos ao movimento ou “crepitações”;
5. Inchaço e calor: geralmente na fase inflamatória;
6. Sensação de aumento de tamanho do joelho: devido ao crescimento dos ossos (osteófitos) ao redor do joelho;
7. Movimentos mais limitados: especialmente para dobrar e esticar o joelho totalmente;
8. Dificuldade em apoiar o membro inferior afetado;
9. Músculos da coxa mais fracos e mais atrofiados.

Em alguns pacientes é muito comum o acometimento de ambos os joelhos, porém os sintomas podem ser diferentes de um para o outro, e isso geralmente está relacionado ao grau de comprometimento de cada articulação.

Com o passar do tempo e evolução da artrose, as deformidades da articulação e dores vão aumentando, piorando a cada dia a qualidade de vida do paciente.

O tratamento da artrose do joelho pode ser clínico (conservador) ou cirúrgico dependendo do grau de acometimento, idade e atividade do paciente.

No tratamento clínico indicamos fisioterapia, hidroterapia, exercícios de baixo impacto, medicações analgésicas / antiinflamatórias / condroprotetoras e às vezes infiltrações com ácido hialurônico (viscossuplementação).

No tratamento cirúrgico pode ser indicada uma osteotomia (correção do eixo do joelho), artroplastia (prótese) total ou parcial do joelho.

Nós, do Instituto Fuchs – cirurgia do joelho e quadril, estamos prontos para atendê-los.
Ligue e marque uma consulta: (41)3026-6959

QUAIS AS PRINCIPAIS INDICAÇÕES PARA ARTROSCOPIA DO QUADRIL ?

As indicações mais frequentes são:

– Impacto Femoroacetabular: para remodelação óssea (osteocondroplastia).

– Lesões do Labrum acetabular: para sua reparação ou reinserção com o uso de pequenas âncoras.

Outras indicações incluem:

– Retirada de corpos livres ou corpos estranhos da articulação;
– Reparo de lesões dos tendões do glúteo médio e mínino, e síndrome da dor lateral do quadril (bursite do quadril);
– Quadril em Ressalto (Coxa Saltans).
– Tratamento de lesões de cartilagem traumáticas e atraumáticas;
– Lesões do ligamento redondo;
– Sinovites, como a sinovite vilonodular pigmentada;
– Síndrome da dor glútea profunda ou síndrome do piriforme: para liberação do nervo ciático;
– Algumas sequelas de patologias pediátricas, como Legg-Perthes e epifisiolise para remoção de corpos livres ou osteocondroplastia;
– Biópsias.
Nós, do Instituto Fuchs – cirurgia do joelho e quadril, estamos prontos para atendê-los.
Ligue e marque uma consulta: (41)3026-6959

SAIBA QUAIS OS RESULTADOS E A DURABILIDADE DA ARTROPLASTIA DO JOELHO

A artroplastia (prótese) do joelho é uma cirurgia que substitui a superfície articular por uma prótese metálica e de polietileno.

Existem basicamente dois tipos de artroplastia do joelho, a total e a parcial (unicompartimental). Na artroplastia total do joelho, toda a superfície articular de carga é trocada. A substituição do componente patelar pode ser necessária em alguns casos. Na artroplastia unicompartimental do joelho, apenas o lado mais afetado da área de carga articular é substituído.�

Atualmente, a durabilidade média de uma artroplastia total do joelho é de 15 a 20 anos e as taxas de complicações são baixas. Estudos dos órgãos de saúde dos EUA mostram que em 2015 foram feitas 1 milhão de próteses de joelho no país, e que em 2030 serão realizadas 3,5 milhões de próteses de joelho.

De acordo com o Dr. Rogério Fuchs – especialista em cirurgia do joelho do Instituto Fuchs, é necessário que todas as etapas do tratamento cirúrgico sejam realizadas da melhor forma possível para a obtenção de resultados satisfatórios.

A indicação correta do procedimento por parte do médico é o primeiro passo. Em seguida uma completa avaliação pré-operatória do estado clínico geral do paciente é fundamental e reduz o risco de complicações. A cirurgia deve ser realizada por equipe bem treinada e capacitada.
A escolha de hospital adequado, com os padrões nacionais e internacionais de qualidade, também contribui para o sucesso da cirurgia.

Seguindo todos estes pré-requisitos a taxa de resultados satisfatórios para o paciente é de 90% a 95%, com grande alívio dos sintomas e melhora da qualidade de vida, que é o principal objetivo do tratamento destes pacientes.

Nós, do Instituto Fuchs – cirurgia do joelho e quadril, estamos prontos para atendê-los.
Ligue e marque uma consulta: (41)3026-6959

Endereço

Av. Sete de Setembro nº 6.496 Seminário - Curitiba/ Paraná
(41) 3026-6959
contatos@institutofuchs.com.br

Siga-nos em nossas Redes

Horários de Atendimento

De Segunda à Quinta-feira dás 9:00h - 19:00h
Sexta dás 8:00h ás 17:00h