ARTROSE DE QUADRIL

Vocês sabiam que, assim como outras articulações que carregam o seu peso, os quadris podem apresentar o risco de desenvolver artrose ou “desgaste” (osteoartrose), que é a forma mais comum desta doença?

Os ossos do quadril são revestidos por um tecido muito liso e macio, a cartilagem articular. Ela está nas extremidades dos ossos, que ajuda a articulação do quadril a deslizar suavemente, e pode desgastar.

Os primeiros sintomas podem aparecer como um leve desconforto e rigidez na virilha, nádegas ou coxa logo pela manhã e vão aumentando gradualmente, conforme o ritmo dos movimentos.

Sem tratamento adequado, a articulação do quadril pode ficar dura e inflamada. “Bicos-de-papagaio” (osteófitos) podem surgir nas arestas da articulação.

Se ocorrer o desgaste completo da cartilagem, os movimentos podem ficar comprometidos, pois o movimento contribui para o aparecimento de dores intensas.

O mesmo pode ocorrer com ações simples do cotidiano, como girar, flexionar e estender o quadril.

IDENTIFIQUE O PROBLEMA

Se você perceber estes sinais, marque uma consulta com o ortopedista:

– Dificuldade de cruzar as pernas;
– Dificuldade de colocar sapatos e meias;
– Dificuldade de lavar os pés;
– Dificuldade de dormir à noite;
– Dificuldade de caminhar;
– Mancar (marcha claudicante);
– Dificuldade ficar em pé por longos períodos.

No Instituto Fuchs somos referência em tratamento do QUADRIL. Ligue e marque a sua consulta pelo telefone (41) 3026-6959

Post anterior
Dor no quaril, evite exagerar nos treinos para não sofrer do problema
Próximo post
O QUE É LESÃO DE LABRUM
Menu
Dúvidas? Clique aqui