MUSCULAÇÃO x JOELHO


Vocês sabiam que a prática de alguma atividade física é importante e recomendada inclusive pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para melhorar a qualidade de vida e a saúde da população em geral?
O número de pessoas adeptas da prática esportiva é cada vez maior, mas nem sempre esses praticantes recebem todas as orientações necessárias na hora de executar cada exercício e isso pode comprometer a performance e desenvolver lesões.

As causas e os tipos de lesões no joelho são diversos, mas quando associadas a insuficiência muscular podem levar a uma sobrecarga muito grande na cartilagem, tendões e demais estruturas articulares, ultrapassando os limites fisiológicos, podendo levar a lesões irreversíveis.
Outro fator importante é a angulação em que o joelho é submetido durante o treino. Equipamentos como o legpress, que trabalha o joelho, tornozelo e quadril simultaneamente, pode levar a lesão dependendo do ângulo utilizado. Exercícios de agachamento também podem impor uma pressão excessiva na cartilagem articular do joelho e podem causar lesões.
Flexão do joelho maior que 90 graus e extensão completa durante exercícios com carga devem ser evitados.
Por isso, o acompanhamento de um profissional do exercício (educador físico / fisioterapeuta) é de suma importância para quem quer manter a saúde e garantir qualidade de vida no futuro.
Post anterior
TENDINITE NA PISTA
Próximo post
AULAS DE SPINNING EXIGEM CUIDADOS PARA NÃO COMPROMETER OS JOELHOS
Menu
Dúvidas? Clique aqui